Tv Brasil lança série com esquetes sobre História do Brasil

A história do Brasil que os brasileiros não conhecem

do sítio da Tv Brasil

 

A chegada dos portugueses na Terra Brasilis

“Muitos chegaram ao Brasil no encalço da descoberta dos portugueses, em 22 de abril de 1500. Primeiras décadas do século XVI, encantado com o Oriente e suas especiarias, Portugal não fixou colonos na América, mas espalhou feitorias, com função comercial e de defesa, como a de Cabo Frio. Europeus se atiravam no litoral em busca do precioso pau-brasil, que fornecia um corante avermelhado cobiçado nos mercados europeus. Outros desembarcavam à força, degredados pela justiça portuguesa, ou por acaso, nas tripulações dos navios. Eram tempos de oportunidade, cobiça e disputas numa terra que nascia sob o signo do encontro de mundos tão diferentes”. Assim começa a série Histórias do Brasil, que estreia na programação da TV Brasil no dia 05 de setembro, às 22h.

Exibida entre e 16 de setembro, seu formato foi desenvolvido para reproduzir momentos da história brasileira, mesclando ficção e documentário, mostrando um Brasil desconhecido da maioria dos brasileiros. Ao todo, são dez docudramas, com 25 minutos cada, que narram fatos ocorridos desde o primeiro contato dos índios com europeus, passando pelo cotidiano dos escravos no engenho; a cobiça pelo ouro; a guerra pelo açúcar; a Guerra do Paraguai; e do Estado Novo até a construção de Brasília.

A nova terra era habitada por índios, entre eles, os Tupinambás

A série foi filmada no segundo semestre de 2010, nas cidades do Rio de Janeiro e de Paraty. No elenco, estão atores consagrados, como Antônio PompeuPaulo Reis e Pedro Brício. A equipe traz profissionais com extensos currículos na produção audiovisual, com destaque para Gustavo Hadba (diretor de fotografia), Helcio Pugliese (diretor de arte), Ana Avellar (figurinista) e João Nabuco (trilha sonora). Para tornar mais reais as cenas de ficção e garantir a fidelidade histórica, uma equipe de historiadores da Revista de História da Biblioteca Nacional colaborou com o roteiro, a direção de arte e o figurino.

A diretora-presidente da EBC/TV Brasil, Tereza Cruvinel, destaca que a TV Brasil tem muito orgulho da parceria feita para a produção de Histórias do Brasil. “Contribuir para a formação do cidadão é uma das tarefa da TV Publica. Ensinar-lhe a História de seu pais faz parte desta tarefa. E nada melhor do que fazer isso através de um conteúdo de alta qualidade técnica e estética, com uma narrativa atraente e inteligente. Historias do Brasil, a série, tem todos estes atributos”, enfatiza.

Episódios importantes e decisivos na história da política brasileira

A direção da série é de Arthur Fontes, da Conspiração Filmes, e a pesquisa histórica é de responsabilidade da equipe da RHBN, sob coordenação de Luciano Figueiredo, editor da publicação. Renato Fagundes e Leandro Assis assinam os roteiros. Arthur Fontes disse que a consultoria dos historiadores foi importante para reiterar o compromisso com a veracidade dos fatos. “A nossa intenção é produzir uma série com um rigor tanto histórico quanto estético, raros de ver na programação das nossas TVs. Um programa educativo, mas num formato absolutamente original, e com o aval dos melhores historiadores do país”, revela.  “A ideia de trazer cenas da história da vida privada combina bem com a tendência da história nos últimos anos. Foi uma escolha feliz que permite oferecer situações a partir do cotidiano ao longo de várias épocas, sem abandonar o contexto e a compreensão mais ampla da história do Brasil”, completa o editor da RHBN, Luciano Figueiredo.

Os entrevistados são professores e historiadores que fazem parte ou foram indicados pelo Conselho Editorial da Revista de História da Biblioteca Nacional, como Alberto da Costa e Silva, Eduardo Viveiros de Castro, Mary Del Priore e Lilia Schwarcz. Além dos acontecimentos históricos analisados por eles, cada episódio mostra também o dia a dia e os costumes das pessoas na época. As narrativas dramáticas são construídas a partir de uma rigorosa pesquisa, e reproduzem fielmente os hábitos, as tecnologias e as formas de relacionamento de cada período.

Primeiro Episódio – 05/09, às 22h

O primeiro episódio, Antes do Brasil – Cabo Frio, 1530, mostra a necessidade e a fragilidade das relações humanas na nova terra. Acreditando tratar-se de um francês, um grupo de índios Tupinambás captura o alemão Franz Hassen. E como os franceses são considerados inimigos da tribo Tupinambá, o alemão pode ser devorado pelos índios. A única saída para Franz é convencer Pero Dias, um português ganancioso que vive entre os índios, a desfazer a confusão. A disputa por riquezas naturais e pela honra permeia a história de um povo feito de pessoas muito diferentes e isso é visível neste primeiro capítulo da série Histórias do Brasil.

Próximos episódios

06/09 – Escravos no engenho – Bahia, 1574

07/09 – Guerra pelo açúcar – Pernambuco, 1645

08/09 – Entradas e Bandeiras – Sertão da Capitania de São Vicente, 1690

09/09 – Ouro e cobiça – Ouro Preto, 1719

12/09 – Leituras perigosas – Rio de Janeiro, 1794

13/09 – O sangrador e o doutor – Rio de Janeiro, 1820

14/09 – Vida e morte no Paraguai – Tuiuti, 1866

15/09 – Propaganda e repressão – Rio de Janeiro, 1942

16/09 – O sonho de Juscelino – Brasília, 1958

Ideia original de Catarina Poiares Baptista da Film Works, coprodução da TV Brasil com a Conspiração Filmes, e é também uma parceria inédita com a Revista de História da Biblioteca Nacional (RHBN).

PS. do tepegopelahistoria: Depois dizem que investir em tevê pública é jogar dinheiro fora, que tevê pública custa muito caro, etc, etc, etc. Você já viu uma emissora privada se preocupar com esse tipo de assunto na programação?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s