Museus: Visita guiada virtual

Site de visitas virtuais a museus estreia acesso ao Museu do Diamante, em Diamantina, onde o internauta conhece – com direito a guia de voz – a história por trás da descoberta das reservas minerais no início do século XIX

por Felipe Sáles, via Revista de História

 

  • Reprodução 

    Quem gosta de conhecer museus e anda sem tempo deve agradecer às novas tecnologias – e, principalmente, ao site Era Virtual, onde é possível visitar exposições em ângulo de 360 graus. O portal, que conta com textos explicativos, guia de voz e navegação direcionada – o que ajuda a quem sofre de labirintite –, estreou refentemente mais três nomes da terra do pão de queijo: o Museu do Diamante, em Diamantina; o Museu Histórico Abílio Barreto, em Belo Horizonte; e o Memorial Tancredo Neves, em São João Del Rei.

    No Museu do Diamante, por exemplo, o visitante conhece um pouco da construção da comunidade em torno da extração diamantífera no início do século XIX. A rotina das pessoas que vivenciaram o período é um dos principais pontos da exposição, que inclui detalhes como um acervo de utensílios, mobiliários e objetos do cotidiano dos moradores.

    O ponto alto fica com as fotografias de Assis Horta, hoje com 94 anos e funcionário do museu desde que foi inaugurado. Assis cedeu as imagens que mostram, do ponto de vista do morador, como era a vida naquela época na cidade que, então, se chamava Arraial do Tijuco.

     “A visita é uma viagem aos anos de 1800, com as fantásticas histórias do período da extração do diamante, das pessoas e memórias daquele tempo, fatos sobre o surgimento de uma cidade colonial com base na extração diamantífera. Uma experiência essencial para compreendermos Minas Gerais”, destaca a produtora-executiva do projeto, Carla Sandim.

    A diretora do Museu do Diamante, Lilian Oliveira, acredita que a exposição virtual estimula a visitação física não só ao museu como de Diamantina.

    “Não acredito que a visita virtual dispense a experiência de visitar-se qualquer museu. Mas acho que é uma ferramenta muito importante para estimular a curiosidade e o acesso à cultura no país”.

    DivulgaçãoDivulgação

    De Santa Catarina a Goiás

    Já o museu histórico Abílio Barreto foi criado em 1943 e pertence à Prefeitura de Belo Horizonte. Abílio Barreto, que dá nome ao local, foi um jornalista e escrtor convidado a organizar o Arquivo Geral da cidade, em 1935. Ele passou a recolher documentos e objetos que deveriam integrar o futuro museu da história da cidade e, a partir de 1941, reuniu acervos com peças originárias do antigo Arraial do Curral del Rei e peças relativas à nova capital. Já o Memorial Tancredo Neves, inaugurado em 1990, conta não apenas a trajetória pessoal e política do estadista sanjoanense, mas narra também parte importante da história recente do país – tendo a vida do político mineiro como fio condutor da jornada.

    Embora tenha muitos museus mineiros, o site reúne vários locais Brasil afora. Do Sul, por exemplo, há o Museu Nacional do Mar, criado em 1991 com o objetivo de preservar a diversidade do patrimônio naval brasileiro – país que possui a maior variedade de barcos tradicionais do mundo. De Goiás tem a Casa de Coira Coralina; do Rio tem a Casa da Ciência e uma exposição sobre energia nuclear, e por aí vai. A turma se prepara para pôr no ar o primeiro representante nordestino, com o Museu do Homem do Nordeste.

    O portal agora está alocado nos servidores da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa, o que proporciona uma navegação estável. No ar desde março de 2010, o site já disponibiliza exposições de 13 museus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s