Dos Viciados na História: A unificação Alemã

Para conhecer os Viciados na História, clique aqui.

 

Em meados do século XIX, pós a separação territorial pelo Congresso de Viena, via-se uma Alemanha dividida em vários reinos dispersos pela Europa. Os únicos fatores que ligavam esses diversos reinos – encabeçados pela Áustria e Prússia , principalmente – era a língua e a cultura. A necessidade de uma unidade política era clara, muitas regiões ainda viviam do sistema feudal, enquanto nações mais desenvolvidas e industrializadas ja impunham o imperialismo em busca de mercados para seus produtos. A Prússia , industrializada , seria o ponto de partida , encorajada pelo Chanceler de Ferro , Otto Von Bismarck. Bismarck alimentava o sentimento nacionalista germânico que culminou em diversos conflitos para a criação da Alemanha.

 

Bismarck , o Unificador da Alemanha.

 

Na Alemanha, antecedente a unificação política , deu-se a unificação econômica, através da União Aduaneira (Zollverein). Esta foi realizada pela Prússia em três guerras consecutivas :

 

 1. Guerra dos Ducados Dinamarqueses (1864) – o argumento prussiano era de que as regiõesSlesvig e Holstein seriam regiões majoritariamente habitadas por povos germânicos, porém pertenciam ao rei da Dinamarca.

OBS: devido á política pacífica da Paz de Viena , em conjunto com a Convenção de Gastein, ficou decidido a administração austríaca na região de Holstein, e prussiana na região de Slesvig.

 

2. Guerra Austro-Prussiana (1866) – Bismarck em 1866 , deixa de lado aos questões decididas na Convenção de Gastein , e provoca uma guerra ao invadir a região de Holstein. A Prússia obteve aliança com a Itália (interessada na região austríaca de Lombardia-Venécia) e a neutralidade de Napoleão III para com o conflito (que mais tarde seria alvo de cobranças territorias com a Prússia). A derrota Austríaca trouxe graves consequências para a região, além de perder o território em conflito , os Austríacos perderam a região de Venécia para a Itália e foram expulsos da Confederação Germânica, que foi reformulada com a nova Confederação da Alemanha do Norte (Prússia , Baden , Württemberg e Baviera).

 

A Unificação ainda não fora consolidada. Napoleão III cobrara os territórios devido sua política de neutralidade durante a invasão Prussiana à Áustria, o que ficou conhecido como ”Política das Gorjetas”.

Otto Von Bismarck , dotado de grande inteligência militar , usou a cobrança de Napoleão para criar um sentimento nacionalista dentro dos países germânicos. As exigências napoleônicas representavam uma grande ameaça aos Estados do Sul – que concordaram com uma aliança militar com a Prússia para intervir no avanço Napoleônico. O desenrolar da Guerra Franco-Prussiana dava seus primeiros sinais.  A guerra era necessária para ambos os lados.

Se de um lado a Prússia necessitava tirar do caminho o impecilho para unificar os Estados do Sul (França) , Napoleão III – apesar dos problemas em que seu exército apresentava – via em uma possível vitória na guerra, uma chance de melhorar a sua imagem perante o povo francês , até então contestada.

A guerra era questão de tempo, era preciso um momento de agitação para dar estopim ao conflito. Esse momento veio em 1868. Nesse Ano , o trono espanhol ficara vago em virtude da Revolução de 1868, na Espanha.

O trono espanhol foi oferecido ao então príncipe prussiano Leopoldo de Hohenzollern. A França não via com bons olhos essa situação, um prussiano governando a Espanha seria uma ameaça a Europa anti-prussiana.

Napoleão III exige então ao primo de Leopoldo e Rei da Prússia – Guilherme I – que renuncíe a tomada de  seu parente ao trono espanhol, o que foi feito. Napoleão não satisfeito , exige ainda que o trono espanhol nunca seja governado por um membro da família Hohenzollern. Apesar deste último ultimato não ter sido atendido , a França decide , por meio do ”Despacho de Ems” , acalmar os ânimos entre os países. Porém , este documento foi intermediado por Bismarck , o que gerou revolta aos franceses, culminando a guerra.

Mais informações:http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/resumo-a-unificacao-alema

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s