DITADURAS COMPARADAS

O outro lado da História

Seminário na Fafich propõe novas abordagens historiográficas para os regimes militares da América do Sul

Gabriella Praça

Ditaduras comparadas

Tortura, repressão política, desaparecimentos e resistência armada são questões que logo vêm à tona quando o tema é ditadura militar. Tradicionalmente, têm sido esses os principais aspectos investigados por pesquisadores da área. O seminário Ditaduras militares em enfoque comparado: Brasil, Argentina, Chile e Uruguai propõe inovar a abordagem, reunindo estudiosos para discutir outros temas relevantes para pensar os regimes autoritários do Cone Sul, como as políticas aplicadas pelas ditaduras que ajudam a compreender o apoio social recebido por esses regimes.

Promovido pelo grupo de pesquisa História Política – Culturas Políticas na História, da UFMG, o evento acontecerá entre os dias 27 e 29 deste mês, no auditório Sônia Viegas, da Fafich. A programação inclui mesas-redondas sobre políticas educacionais, sociais e culturais, novos olhares sobre a repressão e resgate da memória do período. Estarão…

Ver o post original 682 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s