Os escombros da guerra no mundo

O outro lado da História

As ações de Israel em Gaza despertam o antissemitismo na Europa e atiçam ainda mais o fundamentalismo islâmico

O ÓDIO SE PROPAGA
Manifestantes queimam a bandeira de Israel em um protesto em Paris. A crítica a Israel se confunde com antissemitismo (Foto: Oliver Berg/AFP)

A escalada sem fim da violência do conflito entre Israel Hamas na Faixa de Gaza despertou um monstro que parecia adormecido: o antissemitismo. A cada novo bombardeio israelense a uma cidade de Gaza, a cada nova imagem chocante de crianças mortas no conflito e jovens feridos (segundo a última contagem, dos 1.460 palestinos que morreram no confronto, 263 eram crianças), mais e mais gente se volta mundo afora não apenas contra Israel, mas contra os judeus – e faz renascer o nocivo preconceito antissemita.

Os protestos contra as ações de Israel poderiam ser considerados normais, não fosse sua virulência. Atentados contra edificações judaicas na…

Ver o post original 1.308 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s