3 doutrinas da Revolução Industrial

Por falar em História...

A Revolução Industrial gerou um grande abismo socioeconômico entre a burguesia industrial (capitalistas), detentora dos meios de produção, e o proletariado, ou seja, os trabalhadores assalariados que vendiam sua força de trabalho. Para melhorar a situação dos trabalhadores ou propor profundas mudanças sociais, políticas e econômicas, surgiram várias doutrinas sociais na Europa.

Ludismo

O Ludismo surgiu na Inglaterra, entre 1811 e 1812. O nome do movimento deriva de um dos seus líderes, Ned Ludd. Contrários aos avanços tecnológicos ocorridos na Revolução Industrial, os ludistas protestavam contra a substituição da mão-de-obra humana por máquinas. Com a participação de operários das fábricas, os “quebradores de máquinas”, como eram chamados os ludistas, invadiram diversas fábricas e quebraram máquinas e outros equipamentos.

Cartismo

O Cartismo também surgiu na Inglaterra, a partir de 1830. O nome deriva da carta escrita pelos radicais William Lovett e Feargus O’Connor, e enviada ao Parlamento Inglês. Esta carta, chamada…

Ver o post original 106 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s