O Coração das Trevas

História em foco

O livro se analisa dos imaginários aos mitos e representações da África e dos africanos consolidados pelo neocolonialismo europeu no continente africano durante o século XIX. O Coração das Trevas é uma novela, pouco mais de 100 páginas em média, na qual a impressão é a de que a obra saltou para o papel em sua forma final,é o típico clássico mais citado e admirado do que propriamente lido. Seu autor, Joseph Conrad, é considerado um dos grandes estilistas da prosa inglesa, o que por si só dá a medida de seu gênio: polonês, só aprendeu o inglês depois dos 20 anos quando decidiu continuar sua carreira de marinheiro na Inglaterra, ele retrata sua experiência de vida. Em 1890, Conrad passou seis meses na África como empregado da ‘Sociedade Anônima Belga para Serviço no Alto Congo’. Inicialmente contratado para descarregar mercadorias nos portos ao longo da costa acabou comandando um…

Ver o post original 715 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s